Fabio Barboza Passos

vote juntos pela uffCarioca de Jacarepaguá, Fabio Barboza Passos é um dos mais importantes profissionais da Universidade Federal Fluminense. Com 53 anos de idade, o professor e diretor da Escola de Engenharia da UFF passou sua infância e adolescência no bairro da Zona Oeste do Rio, onde adorava jogar futebol e andar de bicicleta pelas ruas da Taquara. O esporte fazia parte de seu momento de lazer e em muitas ocasiões era substituído pela leitura, paixão do professor, que aprendeu a ler aos cinco anos de idade. Filho de pai militar e de uma dona de casa, Fabio cresceu em uma família que valoriza a educação, a ética e a honestidade, valores considerados importantes mesmo que signifiquem, profissionalmente, menor ganho financeiro, mas que são a base para conseguir melhores condições de vida.

A Engenharia Química surgiu pelo gosto da Matemática e da Química, matérias que ajudaram a garantir seu ingresso na UFRJ, em 1983, quando foi aprovado em terceiro lugar no curso. Apesar de ter escolhido uma carreira tecnológica, aprendeu a valorizar a formação generalista, de caráter humanista, em detrimento a uma formação meramente utilitária.

Em 1987, se formou em Engenharia Química, mas o ensinamento que obteve foi além das salas de aula. No campus da faculdade, um centro de geração de saber, tecnologia e de soluções para os problemas de toda a população, descobriu a importância da Universidade para a sociedade brasileira, aumentou sua capacidade de análise e crítica e de ser um cidadão no sentido mais amplo da palavra.

Em 1989, prestou concurso para a UFF e começou a atuar como professor auxiliar. Fez mestrado (1990), doutorado (1994) em Engenharia Química pela UFRJ, sendo que este último com estadia (doutorado sanduíche) na Penn State University (1993-1994), e Pós Doutorado no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas – CBPF (2001). Nos períodos de 1997 a 2007 e de 2013 a 2015, foi Chefe do Departamento de Engenharia Química e de Petróleo, na UFF.

Atuou como coordenador de Projetos Científicos e Tecnológicos na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (janeiro a abril de 2008) e na coordenação da área de Engenharia Química da FAPERJ (de 2008 a 2012). Foi Pró-Reitor de Extensão da UFF (outubro de 2008 a março de 2012); membro da Associação Brasileira de Engenharia Química, da Sociedade Brasileira de Catálise e da American Chemical Society; membro do corpo editorial da revista Applied Catalysis A: Gen e co-editor da revista "Engevista" da Escola de Engenharia da UFF.

Professor permanente dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia Química e de Pós-Graduação em Química da UFF, Fabio Passos, atualmente, coordena o Laboratório de Reatores Cinética e Catálise (RECAT), do Departamento de Engenharia Química e de Petróleo, criado por ele em 1997. É também pesquisador 1D do CNPq, na área de Catálise Heterogênea e Engenharia das Reações Químicas, com ênfase no desenvolvimento de catalisadores e processos compatíveis com o desenvolvimento sustentável. Desde fevereiro de 2016 é diretor da Escola de Engenharia da UFF. Já elaborou 86 artigos publicados em revistas nacionais e internacionais, como autor ou coautor, orientou e supervisionou 43 dissertações de mestrado, 16 teses de doutorado e 12 supervisões de pós-doutorado. Em seu currículo constam importantes prêmios como: Pesquisador em Catálise, Sociedade Brasileira de Catálise (2005) e Young Scientist Prize, International Association of Catalysis Societies (2000).

Fabio mesmo assumindo os cargos administrativos, ministra aulas na Graduação de Engenharia Química e divide o seu tempo com a mulher e os dois filhos, indo ao cinema, escutando música, fazendo dança de salão e viajando.